Cuidados com a logística, ANVISA e preservação dos alimentos

Cuidados com a logística, ANVISA e preservação dos alimentos

Existem alguns cuidados indispensáveis dentro da Cadeia de Mantimentos e que são regulados pela Anvisa, para garantir a segurança alimentar. Saiba mais:

Quando um produto sai da prateleira do supermercado direto para a casa ou restaurante, ou quando um cliente senta na mesa de uma lanchonete para saborear um sanduíche, ninguém imagina o caminho que aqueles ingredientes percorreram até chegar à mesa, nem os cuidados sob os quais esse produto precisou ser mantido, a fim de que estivesse garantida a nossa segurança alimentar.

São cuidados essenciais que a Consultoria Alimentar garante em cada processo da Cadeia de Mantimentos.
De forma bem simplificada, a Cadeia de Mantimentos Alimentar (Supply Chain) é composta de 4 níveis de evolução, que vão da origem ao consumo: O primeiro nível é o da lavoura, de onde se extrai as matérias primas para a produção de alimentos; o segundo nível é o da industrialização (processamento destes alimentos), o terceiro nível é o da distribuição, abastecimento de postos de distribuição e o quarto nível é a parte final da cadeia, que se destina ao pré-consumo.

Onde, por sua vez, se encontram os supermercados, feiras livres, restaurantes, lanchonetes e outros.
A ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária é o órgão que regula toda esta cadeia alimentar, principalmente no terceiro e quarto níveis da Cadeia de Mantimentos. No que tange à logística de alimentos, presente em todos os níveis mas sobretudo no terceiro e quarto, existem diversas regulações que visam garantir a segurança alimentar em se tratando de produtos perecíveis, que podem estragar muito rapidamente, enquanto outros, enlatados, podem durar um pouco mais de tempo.

São estas legislações e o acompanhamento de uma Consultoria Especializada, que poderão garantir a qualidade do seu produto no mercado e a sua segurança alimentar, do transporte ao seu destino de consumo.

Cuidados com armazenagem de produtos

Tudo para evitar que haja uma contaminação externa ou mesmo por parte do próprio produto para outros. No caso da armazenagem o que compreende os centros de distribuição e varejo, é preciso cuidado com três itens importantes:

Instalações: pisos, condições construtivas conforme Check-List da RDC 275, garantindo a segurança alimentar em ambientes de produção e armazenagem, considerando o isolamento com o ambiente externo, a facilidade de manutenção da limpeza e a desinfecção e a preservação da temperatura nos ambientes e escolha de ambientes adequados.

Estoque: Garantir a gestão PVPS ( primeiro que vence é o primeiro que sai), considerando estrutura física. Produtos muito perecíveis necessitam de um controle de giro rápido, pois do contrário, se permanecem muito tempo no estoque, acabam estragando. Em cima disso entra a gestão FEFO, quando os produtos com vencimento mais próximo são os primeiros a serem comercializados.

Separação: alto manuseio de alimentos e movimentação dos produtos e os riscos de contaminação em locais apropriados e com toda estrutura necessária para evitar qualquer tipo de contaminação.

Um exemplo de um produto que gira muito rápido é o arroz, que precisa atender a todos os requisitos da Agência e dos processos que envolvem a Consultoria.

Cuidados com a deterioração biológica e química

Alguns cuidados se fazem necessários com os ambientes nos quais os produtos perecíveis ficarão dispostos, para que não sofram alterações em razão de suas características biológicas, químicas e físicas.

São cuidados, por exemplo, com contaminação, umidade do local, ventilação, iluminação, prazo/tempo, temperatura, exigências sanitárias e etc.

Outros cuidados relacionados aos produtos no aspecto físico dizem respeito ao acondicionamento / embalagem, armazenagem, empilhamento, manuseio, tempo, vibração, impacto, dentre outros.

Perceba a importância que tem a visita técnica, por parte de uma equipe da Consultoria Alimentar, no seu local de trabalho, a fim de constatar qualquer tipo de irregularidade ou implantação de outro processo mais urgente.

Cuidados com a preservação dos alimentos no transporte

No transporte dos alimentos é necessário que os ambientes de armazenagem também disponham de todas as condições de preservação dos alimentos, tais como ventilação, estrutura física, temperatura, higienização, visto que essa é a parte mais vulnerável de todo o processo.

Quando o produto sai do armazém ou centro de distribuição e entra no veículo de transporte em direção ao varejo, essa etapa precisa cumprir todos os requisitos pois lida com muito mais riscos, isso porque se tem muita movimentação com os produtos de ambiente para ambiente, mudanças de temperatura, aberturas e fechamentos de portas, fatores que contribuem para uma série de situações que favorecem uma contaminação.

A etapa dos transportes contempla uma série de cuidados e regulações distintas tanto com os produtos industrializados, os enlatados, os manufaturados, tais como macarrão, bolacha, dentre outros, quanto com os “In Natura”, que são as frutas, verduras, carnes, ou seja, alimentos que necessitam de condições de temperatura, estrutura e higienização adequados.

Embalagens adequadas

A embalagem é importante para preservar a qualidade do alimento ao mesmo tempo que garante a sua segurança.
Existem as embalagens primárias, que são as que possuem contato direto com o alimento ao mesmo tempo que ficam expostas às condições do ambiente. Necessitam de atenção visto que não servem para todos os produtos.

Existem as embalagens secundárias, que acondicionam as primárias, servindo para o transporte e armazenagem.
Há ainda os cuidados com os utilizadores, que são os carrinhos, os racks, os paletes, que servem para facilitar o transporte da carga nas embalagens secundárias e primárias.

Suporte e orientação são o segredo do sucesso!

Para garantir a segurança alimentar em todo esses processos de abastecimento e transporte de alimentos, são necessários a implementação de processos, equipamentos, instalações e tecnologias que estejam alinhadas e respeitando as legislações em vigor por parte da ANVISA.

São necessários treinamentos, supervisão, orientação e claro, o acompanhamento de profissionais que atuam na área há bastante tempo, e são capazes de apontar falhas e melhorias em qualquer parte do serviço que a sua empresa presta.

Agende a sua consultoria conosco e veja como tornar o seu negócio ainda mais seguro e procurado no mercado.

Atendemos à empresas de diversos segmentos e podemos lhe ajudar em tudo que a sua empresa precisar. Veja porque estamos no mercado há mais de 20 anos.

Entre em contato nos telefones 11 2307-8992 ou (WhatsApp) 11 98525-1138. Vamos conversar?