POP: Higienização da Caixa D’Água amplia segurança alimentar

POP: Higienização da Caixa D’Água amplia segurança alimentar

Documento importante para higienização e sanitização da caixa d’água é um dos POP’s obrigatórios na sua empresa. Saiba como ampliar a segurança alimentar

Em uma cozinha industrial, cujo cuidado com a higienização de todos os utensílios e equipamentos é seguida à risca conforme a lei, cuja limpeza dos ambientes é impecável e cujos funcionários obedecem a todo treinamento aplicado, é certo que a qualidade da comida produzida será equivalente a todo esse profissionalismo, não é mesmo?

A menos que um pequeno deslize implique em consequências mais graves, como por exemplo, a falta de higienização adequada com a caixa d’água. Basta que os proprietários do estabelecimento se esqueçam, por exemplo, de manter a higienização frequente nas datas certas ou que as faça por períodos muito espaçados, o que já implica em riscos.

Conforme a RDC 216: “O reservatório de água deve ser edificado e ou revestido de materiais que não comprometam a qualidade da água, conforme legislação específica. Deve estar livre de rachaduras, vazamentos, infiltrações, descascamentos dentre outros defeitos e em adequado estado de higiene e conservação, devendo estar devidamente tampado. O reservatório de água deve ser higienizado, em um intervalo máximo de seis meses, devendo ser mantidos registros da operação.”

Qualquer falha nesse processo pode resultar em uma contaminação dos alimentos, sem contar maiores agravos à saúde tanto dos funcionáros, como dos clientes. Afinal, estamos falando da água que se utiliza para o preparo dos alimentos, consumo e também para a limpeza de dos utensílios e equipamentos.

E como é feito o controle desta higienização no reservatório?

Por meio do POP – Procedimento Operacional Padrão para Higienização e Sanitização de reservatórios de água potável (Caixas d’água), documento imprescindível e que precisa ser atualizado e registrado periodicamente.

Este procedimento é redigido de forma objetiva, estabelecendo instruções sequenciais para a realização de operações rotineiras e específicas.

Conforme a Portaria CVS nº 5/2013, no art. 68 “A higienização do reservatório deve ser executada conforme métodos recomendados por órgãos oficiais (ANVISA), e realizada a cada 6 meses ou na ocorrência de acidentes que possam contaminar a água, tais como queda de animais, sujeira, enchentes, entre outros”.

Além disso, na Seção I – Manual de Boas Práticas e Procedimentos Operacionais Padronizados (POP), da mesma Portaria, recomenda-se além da higienização do reservatório, “o controle da potabilidade da água e ambas atividades devem ser documentadas”.

Portanto, o POP de Higienização e Sanitização da Caixa D’Água é uma forma de nortear aos proprietários do estabelecimento e funcionários quanto as formas adequadas de higienização, as datas previstas para limpeza e a regularidade de toda sanitização do local de acordo com as leis vigentes.

A responsabilidade dos POP’s é do(s) dono(s) do(s) Estabelecimento(s) e cabe a eles, contratar os serviços de uma Consultoria Alimentar para garantir a segurança alimentar.

Qual é o objetivo do POP de Higienização e Sanitização da Caixa D’Água?

O objetivo deste POP é que todas as atividades de limpeza e sanitização no reservatório de água potável sejam realizadas sempre da mesma forma, sem falhas.

Independente de quem fizer a higienização do reservatório, seja uma empresa contratada ou o próprio dono / funcionário do estabelecimento, a forma de higienização precisa ser descrita nesse POP, com o passo a passo desta operação.

Algumas das informações que deverão constar no documento são estas:

  • A natureza da superfície a ser higienizada, ou seja, o material desta caixa d’água (polietileno, aço inox, poliéster com fibra de vidro). Isso ajuda a definir as melhores formas de higienização;
  • A metodologia aplicada para fazer a limpeza do reservatório de água, independente de quem a fizer ;
  • Se é o funcionário do estabelecimento ou se é uma empresa especializada;
  • O princípio ativo que vai ser utilizado para a limpeza da caixa-d’água, ou seja, qual(is) o(s) produto(s) que será(ão) utilizado(s) para fazer essa limpeza e a sua concentração (substâncias que compõe a solução). Também deverá constar no POP, se é necessária a redução da quantidade deste produto aplicada em água para fazer a higienização do reservatório – e até mesmo se a água deve estar fria ou quente para tal;
  • Qual o tempo em que esse produto ficará em contato com a superfície da caixa d’água;
  • Temperatura específica do(s) produto(s) que serão usados em água morna ou água fria;
  • O nome, o cargo ou a função do responsável pela higienização do reservatório.

Se a sua empresa ainda não possui o POP de Higienização e Sanitização da Caixa D’Água atualizado, agende a sua consultoria conosco e veja como é fácil manter-se mais seguro e procurado no mercado.

Atendemos empresas de diversos segmentos e podemos lhe ajudar em tudo que a sua empresa precisar. Veja porque estamos no mercado há mais de 20 anos.

Entre em contato nos telefones 11 2307-8992 ou (WhatsApp) 11 99228-8515. Vamos conversar?